header

Acesso a Editores

Acessos

Hoje1109
Ontem1535
Esta semana5465
Este mês19281
Total1732832

92 visitantes online

PALAVRAS QUE EDIFICAM

Dar a vida

Filipenses 2.8 diz: “E, achado na forma de homem, [Jesus] humilhou-se a si mesmo, sendo obediente até a morte, e morte de cruz” (VRC).

Quando esteve aqui na Terra, Cristo disse que o mundo veria Seu amor pelo Pai porque O  obedeceria!

E esta não foi uma obediência qualquer, mas completa: até a morte.

Esse foi o padrão estabelecido por nosso Senhor para nós. Assim como Ele, nós devemos também, por amor e para demonstrar amor, obedecer a Deus.

E a ordem dada foi que amássemos. Se obedecemos ao Pai, amando os irmãos, fazemos o que Ele manda e expressamos nosso amor a Ele. Mas como podemos provar e expressar nosso amor pelos irmãos?

O Senhor Jesus, com Seus gestos e atitudes, obedeceu o Pai, demonstrando o quanto O amava.

E mostrou como nos amou, dando-se a Si mesmo em nosso favor. Portanto, seguindo o padrão estabelecido pelo Senhor, obedecemos e expressamos nosso amor ao Pai nos dando por nossos irmãos e para eles. É o que registra João em sua primeira carta: “Nisto conhecemos o amor: que Cristo deu a Sua vida por nós. E devemos dar a nossa vida pelos irmãos” (3.16).

A prova de que amamos o Senhor Jesus é dar a vida pelos irmãos. Será que João queria dizer que devemos ir para cruz a fim de sermos crucificados e morrer? Não! O Senhor Jesus já fez isso. João estava falando de dar a vida em favor dos irmãos em aspectos práticos do dia a dia.

Nós, a igreja, precisamos mudar nossa mente e maneira de viver a fim de que isso seja possível. Os princípios do mundo, segundo os quais vivemos muitas vezes sem mesmo perceber, não deixam que vivamos da forma estabelecida pelo Senhor, dandonos em favor dos irmãos. Se não houver entre os filhos de Deus um envolvimento sério no qual compartilhemos nossa vida, com vínculos fortes, jamais cumpriremos o padrão bíblico. Só conseguiremos dar a vida para os irmãos se formos extremamente ligados uns aos outros com relacionamentos fortes e sólidos. E isso só pode ser gerado em um ambiente familiar, no qual as pessoas estão seriamente com prometidas entre si. Dar a vida é pensar no outro antes de pensar em nós mesmos.

Nenhum valor há se doarmos nossos bens, mas não tivermos amor (1Coríntios 13.3). Como é possível doarmos todos os bens e não ter amor? É possível, pois doar objetos, coisas, propriedades ainda não implica doar a nós mesmos. E amarde fato é dar-se, é derramar-se, é desperdiçar-se pelo outro. Cristo não tinha bens para doar, mas deu a própria vida.

Quem nos amou mais do que Ele?

APOIO PUBLICITÁRIO

banner boasnovas